quarta-feira, 24 de agosto de 2011

janela e transcendência



19 comentários:

Anónimo disse...

Abandono e decadência em levitação espacial...

Especialmente bem conseguida!
Parabéns!

photoattraction disse...

Ainda ontem lá estive. É uma pena esse edificio estar abandonado, até pelo que se passa lá dentro...
No entanto, dá umas excelentes fotografias, como esta.

ci disse...

o fascínio de uma janela...

VanessaSofia disse...

linda fotografia, parabéns :)

Michèle Dassy disse...

such a good choice thqt makes the scene surrealistic!

Anónimo disse...

Especáculo a levitação, por isso mesmo transcendente! É bom olhar para o céu e ver coisas transcendentes;)
VELVET UNDERGROUND - Sunday Morning http://www.youtube.com/watch?v=YuM3SteeAgY&feature=share

beijinho Maria

José Carlos Caria disse...

Aquele pequeno e frágil ramo faz toda a diferença no enquadramento da foto. Chama-nos constantemente a nossa atenção. É de facto impressionante como um pequeno pormenor pode ser tão grande.
Acho a foto magnífica. Parabéns.

João Mourão disse...

Concordo com o Caria. De resto a foto está,como sempre, irrepreensível.

Remus disse...

A onde? A onde?
Pago uma bifana a quem me disser onde foi tirada esta fotografia. :-P

Uma fotografia que é um perfeito poema à "leveza do ser".

Voltaris disse...

Quem foi que me tirou o tapete?

The Helio Sequence: Hallelujah
http://www.youtube.com/watch?v=CkD_sOZDBQ8&feature=related

Sérgio Aires disse...

como eu, para os lados... :)

the dear Zé disse...

faz de conta...

http://www.youtube.com/watch?v=cuVrGoCnudU

e beso

IRIS disse...

Remus, por acaso, em determinadas momentos do ano, há bifanas por lá :-). se mais ninguém se atrever a identificr o lugar até amanhã, eu revelo ;-)

Sérgio, queres dizer que cresces como as árvores... não é? ;-)

IRIS disse...

Zé, ora aí está um clik que é uma bela pista para o Remus :-)

Helder Ferreira disse...

Um lindissima janela suspensa.. encontraste os jardins da Babilónia? :)

IRIS disse...

Remus, já passou a hora da verdade, mas como se diz que mais vale tarde... aqui vai :-)

o que resta deste lindíssimo edifício (para o que imenso contribui a sua fantástica localização) está localizado junto ao Castelo do Queijo (Porto), mais concretamente, entre este e o edifício transparente. tinha uma ideia de que a última utilização que tinha tido fora uma escola mas, à falta da certeza, fiz uma rápida pesquisa na net e encontrei este link

http://coisas-da-fonte.blogspot.com/2010/03/ruinas-na-cidade.html

haverá mais informação e eventualmente mais aprofundada, mas, para breve informação, acho que vale a pena passar-lhe os olhos (tem também fotos do antes e do agora). não consegui perceber o ano de publicação do post, pelo que não sei até que ponto a informação sobre o projeto de reabilitação da Câmara do Porto é atualizada. se o fôr, e apesar do edifício proporcionar belas fotografias, como diz o Pedro, é bom saber que ainda não foi definitivamente abandonado. e fico por aqui, porque não me apetece falar do destino de que lá se fala...

José Carlos Caria, muito obrigada pela visita e pelo comentário, sê muito bem vindo, pf.

Michèle, c'est toujours un plaisir de vous lire,

e meus restantes prezadíssim@s, já não posso viver sem vós. obrigada :-)

beijos e besos

IRIS disse...

Vanessa, muito obrigada e muito bem-vinda

IRIS disse...

bom... verifiquei agora, pelo próprio link, que o tal post é de 2010 (março)..

Remus disse...

Completamente elucidado.
E já lá estive imensas vezes, mas nunca reparei neste pormenor ímpar.