terça-feira, 15 de março de 2011

desassombro


ou o preço do presente.

10 comentários:

Helder Ferreira disse...

Eu apostava no preço do presente...

Simples. Eu gosto de coisas simples. Estiveste mais uma vez bem. :)

the dear Zé disse...

desassombrado é esse olhar que ainda olha com assombro para as coisas, as simples e as outras, e lhes extrai o mistério quando não parecem ter mistério nenhum... (uma espécie de Pessoa ao contrário - aquela coisa do sentido oculto das coisas)

bêjos
(aqui não posso ver filmes nem essas coisas que distraiem as classes trabalhadoras do trabalho)

IRIS disse...

Hélder, é a única aposta válida :-)

Zé, mas já posso dizer-te bom dia. e isso, neste caso, tem um "valor" especial :-). agora, os filmes, deixa lá, vêem-se muito melhor no escuro ;-) (então este de que aqui falamos...)

obrigada e um beijo e um bêjo

ruimnm disse...

o desassombro da simplicidade e da complexidade de mensagens inerentes.
gosto muito disto.

ana barata disse...

imagem desassombrada, metáfora de uma realidade cada vez mais assombrada...

Anónimo disse...

Iris
Gosto muito de todos os pormenores que o teu olhar nos obriga a reparar!
Beijo
Maria
Burial - Ghost Hardware
http://www.youtube.com/watch?v=_MigURCQQA0&feature=related

Anónimo disse...

parecem uns caracteres chineses ou japoneses...uma foto com um "cheirinho" a radioactividade.
Bjs.
Carol

IRIS disse...

beijos e vénias :-)

(Carol, gosto muito que venhas assim, mas também gosto quando vens disfarçada de fábula ;-))

Remus disse...

A Iris tem a capacidade de arranjar títulos geniais para as suas fotografias. E possuem sempre uma ponta poética.

Como sempre, a fotografia e o seu título conjugam-se perfeitamente.
Parabéns.

IRIS disse...

gentil Remus, obrigada outra vez